Marketing de influência para pequenas empresas

Ao longo dos anos, o marketing de influência chegou ao topo graças à sua capacidade de aproveitar as recomendações honestas de figuras públicas e especialistas do setor. Esssa estratégia se tornou uma forma comprovada de aumentar o engajamento e a visibilidade da marca, além de gerar mais conversões e melhorar a reputação.

Na hora de garantir os maiores nomes para a próxima campanha, as grandes empresas não poupam dinheiro. No entanto, as pequenas empresas que ainda não contam com uma grande quantia para investir em marketing de influência acabam deixando a estratégia de lado. Além da perspectiva financeira, a ideia de planejar, executar e monitorar uma campanha de influenciadores pode parecer muito trabalhosa sem uma estratégia eficaz, habilidades adequadas e mão de obra.

Você tem uma pequena empresa ou está apenas começando? Não desanime! Com as melhores práticas, você pode incluir colaborações de influenciadores em sua estratégia de marketing digital sem gastar muito. E estamos aqui para ajudá-lo em sua jornada de marketing de influência com nossas dicas. Vamos lá!

1. Defina seu público-alvo

Definir seu público-alvo é uma etapa essencial em sua estratégia de marketing de influência por três motivos. Em primeiro lugar, devido às opções limitadas de gastos, você deve se concentrar em uma segmentação precisa, e deve estabelecer o tipo de persona que deseja alcançar. Em segundo lugar, conhecer o público e o mercado pode ajudar a melhorar o posicionamento da sua marca. Por último, mas não menos importante, as características do seu público-alvo permitem que você identifique os criadores certos para cada campanha.

Pesquise seu mercado e determine a demografia do seu público-alvo

Analise quais são as necessidades do seu público-alvo, e examine seus comportamentos e interesses. Você já deve saber a idade e o sexo para o qual está direcionando seu produto, mas a pesquisa de mercado pode esclarecer isso ainda mais.

Quais plataformas eles preferem, qual conteúdo os atrai e quais influenciadores eles seguem? Você está tentando alcançar pessoas em um nicho restrito ou em uma localização específica? Ao responder a essas perguntas, você pode identificar os criadores que provavelmente se envolverão com seus clientes ideais e criar conteúdo alinhado aos interesses do público.

Procure microinfluenciadores que atendam ao seu orçamento e critérios

Pequenas empresas com um orçamento restrito devem optar por trabalhar com microinfluenciadores. Eles têm seguidores entre 10.000 a 50.000, tornando-os mais acessíveis do que macro-influenciadores e celebridades. Possuem um público específico com quem cultivam uma relação amistosa e genuína, interagindo frequentemente com os seus seguidores e fazem questão de preservar a sua credibilidade em seu nicho de atuação. Além disso, eles geram taxas de engajamento mais altas no Instagram e no TikTok em comparação com influenciadores de alto nível, e estão mais dispostos a aceitar parcerias e permutas por seu trabalho.

Com planejamento e criadores relevantes, você pode alcançar seu público ideal e aproveitar ao máximo suas campanhas de marketing de influência.

Principais conclusões:

  • Estude seu mercado e setor, identificando os fatores que o diferenciam de seus concorrentes;

  • Pesquise a plataforma e as preferências de conteúdo do seu público-alvo;

  • Determine a idade, sexo, localização e interesses do seu público;

  • Localize microinfluenciadores em seu nicho que tenham seguidores semelhantes ao público que deseja alcançar;

  • Encontre criadores que se alinhem com os valores da sua marca e tenham engajamento e públicos autênticos.

2. Desenvolva um plano claro

Para planejar uma campanha de marketing de influência eficaz para sua pequena empresa com pouco dinheiro, você precisa de uma abordagem estratégica. Como parte desse processo, você precisa definir metas claras, estabelecer seu orçamento e elaborar a mensagem e o conteúdo da campanha.

Determine seus objetivos

Como mencionamos acima, os criadores que você escolher devem compartilhar os valores da sua empresa. É importante que seus objetivos reflitam seus valores e missão, pois eles ajudarão você e sua equipe a seguir em frente, manter o foco e priorizar seus esforços. Além disso, suas metas irão ajudar a medir o sucesso de suas parcerias e permitir que você melhore sua estratégia em campanhas futuras.

O que você deseja alcançar por meio do marketing de influência? Quer expandir seu alcance nas redes sociais? Você está tentando aumentar suas vendas ou aumentar o reconhecimento da marca? Seu objetivo definirá com quais influenciadores trabalhar, bem como qual campanha lançar. Se você deseja aumentar o reconhecimento da marca, pode exibir uma ampla seleção de produtos e trabalhar com vários influenciadores para gerar alto alcance. Mas se você deseja aumentar a conversão, precisa apresentar um serviço ou produto exclusivo e deve fazer parceria com criadores que possam mobilizar seus seguidores.

Estabeleça metas que sejam específicas, alcançáveis e fáceis de medir. Por exemplo, se você deseja aumentar sua receita em 15% em 1 ano, pode alcançá-lo visando aumentar suas vendas em 5% em 3 meses, aumentar sua base de clientes em 10% em 6 meses e melhorar a experiência do cliente em 5 % em 3 meses.

Com essa abordagem, você poderá atingir seus objetivos, avaliar o desempenho e, por fim, entender seus pontos fortes e fracos.

Estabeleça seu orçamento e aproveite os recursos existentes

Certifique-se de definir um orçamento realista e investir apenas o valor alocado para o marketing de influência, mesmo se você estiver tentado a gastar todo o seu dinheiro em influenciadores. Aproveite os recursos existentes e use as práticas recomendadas a seguir para evitar ultrapassar o valor definido inicialmente:

  • Recrute microinfluenciadores: já recomendamos a colaboração com influenciadores que tenham um público pequeno. Eles são autênticos e acessíveis, para não mencionar, econômicos. Eles construíram um bom relacionamento com os usuários e podem ter uma perspectiva única sobre como promover sua marca;

  • Colabore com seus clientes: existe prova social melhor do que as avaliações de clientes reais e satisfeitos? Peça aos seus clientes mais leais para compartilhar suas experiências e opiniões positivas sobre seus produtos ou serviços;

  • Faça parceria com seus funcionários: sua equipe conhece melhor sua marca além de você. Você até recebeu ajuda deles desde o início. Eles são a escolha ideal para criar tutoriais e guias;

  • Considere colaborações de negócios: Sim, você pode encontrar empresas com produtos que podem complementar seus negócios. Por meio dessas parcerias, ambas as partes podem conquistar novos clientes e construir sua credibilidade;

  • Lançar campanhas de presentes: em uma campanha de presentes (também conhecida como distribuição de produtos), as empresas fornecem produtos gratuitos aos criadores, que os promovem nas redes sociais. Os brindes servem como compensação nesta forma de colaboração;

Combine sua campanha com brindes ou programas de afiliados: Uma campanha de presentes também oferece oportunidades para outros incentivos. Combinado com brindes, você pode oferecer produtos e serviços gratuitos aos seguidores do influenciador. Além disso, você pode oferecer ao criador uma porcentagem de cada venda com a qual ele contribui, além de receber brindes e mimos.

Desenvolva as mensagens e o conteúdo da campanha

Enfatizamos a importância de alinhar seus objetivos com a missão e os valores de sua empresa. A mensagem de sua campanha deve refletir essas ideias da mesma forma. Como alternativa, você pode considerar a exclusividade do seu produto. Sua qualidade, preço ou sustentabilidade o distinguem de itens similares no mercado? Seu suporte ao cliente é melhor do que o de seus concorrentes? Ou seu produto ou serviço revoluciona a indústria? Aponte os recursos que podem atrair os usuários.

Um grande benefício do marketing de influência é que a criatividade e a abordagem inovadora dos influenciadores produzem conteúdo eficiente e atraente. Portanto, colabore no conteúdo com os criadores, desde o planejamento até a execução. Uma vez que eles entendam o que sua marca representa e vejam as vantagens de seu produto, eles podem adaptar suas postagens aos gostos de seu público e permanecer fiéis às mensagens de sua marca.

3. Como alcançar e negociar com microinfluenciadores

Se você continua com alcance ou análise também depende de quantos influenciadores você deseja recrutar. Se você planeja uma campanha menor com várias dezenas de influenciadores, faz sentido analisar criadores em potencial antes de contatá-los.

Dicas para uma abordagem eficaz

Com uma lista de potenciais influenciadores em mãos, você pode abordá-los com uma mensagem personalizada. Essa abordagem é extremamente importante e mostra que você dedicou tempo e esforço para se familiarizar com o trabalho dos criadores. A mensagem inicial de divulgação deve:

  • Ter uma linha de assunto cativante, pois é provável que ele também receba diversos outros e-mails ao mesmo tempo;

  • Apresentação breve da empresa;

  • Descreva como você encontrou o criador e por que gostaria de colaborar com ele;

  • Breve descrição da ideia da campanha e do tipo de colaboração;

  • Condições da parceria (brindes, material exclusivo, pagamento, etc.);

  • Feche seu e-mail com um CTA.

No geral, seja amigável, mas permaneça profissional, sem ser intrusivo ou insistente. Não podemos enfatizar o suficiente como é importante tornar sua mensagem pessoal usando seus nomes e reconhecendo seu conteúdo.

Negociação dos termos de colaboração com micro-influenciadores

Há três coisas que toda negociação de influenciador deve incluir: discutir a remuneração, formular um contrato entre marca e influenciador e preparação de um briefing para o influenciador.

  • Remuneração: os microinfluenciadores podem ser criadores de nicho, especialistas em um campo ou usuários comuns que criaram uma forte comunidade de pessoas com ideias semelhantes com seu conteúdo. Eles se tornaram populares nas redes sociais e aumentaram seus seguidores criando conteúdo informativo ou divertido. Como eles ainda estão no início de sua jornada de influenciador, é mais provável que eles aceitem promover o seu produto em troca de parcerias, brindes ou serviços exclusivos. Seja honesto sobre seu orçamento desde o início e, se você não puder pagar um valor fixo, ofereça experiências valiosas que eles possam compartilhar com o público.

  • Contrato: Elabore um acordo por escrito que descreva todos os termos e condições da parceria. Um contrato de influenciador deve proteger os interesses de ambas as partes e garantir que o criador seja adequadamente compensado por seu trabalho. Nele, é importante incluir as expectativas da marca, o escopo e a duração da campanha, bem como o número de conteúdos e datas. O contrato precisa discutir a exclusividade, abordar a propriedade e os direitos de uso de imagem e incluir uma cláusula de rescisão.

  • Briefing do influenciador: ao construir um briefing, você pode reiterar os detalhes da sua campanha, como o produto que será divulgado, a mensagem principal, o público-alvo, as datas de lançamento e término, o tipo e o número de entregas e o cronograma de postagem. Você pode fornecer referências e exemplos de conteúdo, suas diretrizes de marca com seu tom e elementos de estilo e qualquer suporte e recursos (estudos, descrições de produtos, fotos etc.) que ajudem os influenciadores na criação de conteúdo.

A cooperação entre sua empresa e um influenciador deve ser uma situação vantajosa para ambas as partes. Portanto, demonstre como seu produto ou serviço pode beneficiar o criador e seu público. Além disso, você pode utilizar programas de afiliados e estimular os usuários oferecendo códigos de desconto.

4. Use o conteúdo gerado pelo usuário

O uso de conteúdo gerado pelo usuário pode ser uma maneira econômica de as pequenas empresas mostrarem sua marca e produtos, e o redirecionamento dessas postagens pode aumentar o reconhecimento da marca e gerar mais vendas. O conteúdo criado por influenciadores e usuários tem melhor desempenho do que as parcerias pagas. Ao fornecer alguma inspiração, seus clientes ou seguidores das redes sociais podem criar uma variedade de conteúdos.

  • Depoimentos e avaliações: as avaliações de clientes e depoimentos de influenciadores podem ser usados no site da marca, redes sociais ou blog.

  • Concursos e desafios: as empresas podem incentivar os usuários das redes sociaisl a participar de concursos e desafios que apresentam seus produtos e serviços. Fornecer prêmios ou descontos aos vencedores pode até aumentar o engajamento.

  • Postagens de redes sociais e artigos de blog: os criadores podem apresentar o produto em uma série de postagens de blog ou escrever artigos sobre ele.

  • Vídeos de unboxing: nesses vídeos, influenciadores abrem e examinam um produto, avaliam sua embalagem e qualidade, descrevem seus recursos e carregam esses vídeos em seus canais do YouTube ou no TikTok. No passado, esses vídeos eram focados principalmente em aparelhos eletrônicos, mas hoje qualquer produto pode ser desembalado, de itens cosméticos a brinquedos.

  • Vídeos ao vivo: uma transmissão ao vivo é uma excelente maneira de demonstrar como um produto funciona. Além disso, usuários e influenciadores podem responder imediatamente às perguntas relacionadas ao uso.

Como reutilizar conteúdo gerado pelo usuário?

  • Você pode adicionar depoimentos às suas páginas de produtos;

  • Crie galerias de fotos de pessoas usando seu produto;

  • Você pode apresentar os conteúdos em seu blog;

  • Insira comentários de clientes em seus e-mails.

Não se esqueça de discutir os direitos de uso do conteúdo

Além dos criadores, os usuários também podem ampliar o entusiasmo em torno de sua marca por meio de suas postagens. Mas é necessário pedir permissão antes de publicar o conteúdo, pois eles são os proprietários dos direitos sobre os textos, vídeos e fotos que criaram. Definir os direitos de uso do conteúdo é crucial e pode ajudar as empresas a evitar problemas legais e relações públicas negativas. Quando você trabalha com influenciadores, seu contrato deve especificar a propriedade, onde e por quanto tempo o conteúdo será usado. Quanto aos usuários, você pode pedir sua permissão em uma mensagem direta ou incluir uma cláusula sobre o uso de conteúdo em seus termos e condições durante a inscrição, etc.

5. Alavancar parcerias complementares

Construir credibilidade pode ser demorado e caro para startups e pequenas e médias empresas. Infelizmente, tempo e dinheiro são as duas coisas que mais faltam. Uma boa solução é colaborar com uma marca cujo público-alvo e mensagens se encaixem nas suas. Negócios complementares podem ajudar uns aos outros a alcançar novos mercados-alvo, melhorar a experiência do cliente e estabelecer confiabilidade sem gastar muito dinheiro.

Parcerias complementares entre empresas podem aumentar o alcance de ambas as partes. As marcas podem trabalhar juntas no conteúdo e promovê-lo em vários canais. Fornecer suporte estendido e descontos aos clientes de seus parceiros pode aumentar sua base de clientes. Vejamos alguns exemplos desse tipo de colaboração:

  • As empresas de hospedagem podem trabalhar com web designers ou especialistas em SEO, fornecendo conteúdo sobre a importância de páginas de carregamento rápido e design de sites;

  • As marcas de cuidados com a pele podem promover produtos de skincare antes da aplicação da maquiagem com a ajuda de maquiadores. Simultaneamente, os profissionais de beleza podem divulgar os produtos da marca e avaliá-los;

  • Um estúdio de dança ou academia pode fazer parceria com uma loja de produtos naturais, oferecendo uma barra de proteína ou bebida eletrolítica gratuita para seus assinantes por um mês, enquanto os clientes da loja podem obter um desconto de 10% na primeira assinatura da academia. Ao promover esta oferta, a palavra se espalharia rapidamente dentro de suas comunidades.

6. Avalie os resultados da sua campanha

Quando sua marca precisa considerar seus gastos, é necessário acompanhar o progresso de sua campanha e analisar os resultados. Usando a medição de campanha, você saberá como seus esforços foram eficazes para alcançar seus objetivos. Você descobrirá criadores que superaram os outros e verá qual conteúdo repercutiu mais no público-alvo. Os dados ajudarão você a descobrir áreas de melhoria e oportunidades perdidas. Com essas informações, você poderá otimizar sua estratégia de marketing e futuras parcerias.

Métricas importantes para acompanhar

  • Engajamento: curtidas, comentários, compartilhamentos e retweets contribuem para o engajamento. O número deles informa como as pessoas reagem à sua campanha e qual conteúdo elas gostam;

  • Cliques: o número de cliques pode ajudar você a analisar quantas pessoas estão interessadas em seu produto ou serviço e com que eficácia o influenciador os promove. Avalie os cliques fornecendo URLs específicos aos criadores ou usando links de rastreamento. Ferramentas de análise gratuitas, como o Google Analytics, podem te ajudar a rastrear o número de cliques;

  • Taxas de conversão: a conversão ocorre quando um usuário executa uma ação desejada, como comprar mercadorias, inscrever-se em webinars, baixar tutoriais ou preencher um formulário. Ao medir as taxas de conversão, você pode decifrar a eficiência da sua campanha e fazer ajustes, se necessário.

Como analisar o impacto da campanha no ROI

Pequenas empresas com orçamentos limitados devem avaliar cuidadosamente o sucesso de suas campanhas do ponto de vista financeiro. Retorno sobre o investimento, em resumo, o ROI permite que as marcas obtenham uma melhor compreensão do impacto de suas atividades de marketing, comparando o custo total da campanha com a receita gerada. A fórmula para calcular o ROI: receita dividida pelos custos multiplicados por 100. Em média, as empresas recebem aproximadamente US$ 5 para cada US$ 1 gasto. Um ROI alto indica que seu programa de marketing de influência está valendo a pena.

Agora que você tem o conhecimento, é hora de agir

É um grande erro para as pequenas empresas não aproveitar o marketing de influência, mesmo com recursos limitados. Ao fazer parceria com microinfluenciadores, alavancar recursos existentes e conteúdo gerado pelo usuário, colaborar com outras marcas e fazer pesquisas e divulgação de influenciadores por conta própria, sua startup ou pequena empresa pode economizar dinheiro significativo e obter ótimos resultados.

O novo serviço de marketing do HypeAuditor foi desenvolvido para marcas que planejam trabalhar com influenciadores e desejam descobrir se esse método pode beneficiar seus negócios, além de ser uma opção acessível para pequenas equipes e empresas. O HypeAuditor Lite permite que as marcas realizem pesquisas básicas de influenciadores com 5 filtros e analisem os criadores com base em alguns métricas essenciais. Também auxilia no gerenciamento do status dos influenciadores selecionados na plataforma, ajudando nas negociações, facilitando e agiliza o processo de descoberta e avaliação de criadores para aqueles que estão começando no marketing de influência.

Deseja firmar uma parceria com influenciadores perfeitos para sua marca?
Encontre os melhores criadores com a ferramenta Descoberta de Influenciadores do HypeAuditor e seu banco de dados com 100.2M+ contas.
Content Marketing Writer at HypeAuditor
Tópicos:Estratégia do Marketing de influência
abril 18, 2023
Não se esqueça de compartilhar este post!
Content Marketing Writer at HypeAuditor
Alavanque seu marketing de influência com o HypeAuditor
Líder Global G2 entre as ferramentas de marketing de influência, usada por 750.000 empresas e influenciadores
Deseja firmar uma parceria com influenciadores perfeitos para sua marca?
Encontre os melhores criadores com a ferramenta Descoberta de Influenciadores do HypeAuditor e seu banco de dados com 100.2M+ contas.