6 erros comuns em campanhas de marketing de influência

erros comuns em campanhas de marketing de influênciaTrabalhar com influenciadores é uma ótima maneira de se envolver com seu público e expandir o alcance de seus negócios. O marketing de influência pode trazer ótimos resultados e aumentar a exposição da sua marca, mas isso nem sempre é uma tarefa fácil. Muita gente ainda acredita que basta escolher um influenciador com muitos seguidores, fechar uma parceria e observar o aumento nas vendas e nos seguidores, mas não existe uma fórmula mágica para o sucesso de uma campanha.

Como o marketing de influência ainda é uma estratégia recente para algumas marcas, há muitos erros que podem ser cometidos ao planejar e executar essa estratégia. Aqui estão alguns dos erros mais comuns que os profissionais cometem quando trabalham com influenciadores:

1. Não ter objetivos claros

O que você deseja alcançar com a sua campanha? Você quer alcançar um novo público ou alavancar vendas? As decisões estratégicas sobre o formato da campanha dependem disso, então é importante que todos os envolvidos na sua estratégia de marketing de influência saibam quais são os objetivos da sua campanha, para que possam trabalhar para alcança-los.

Além disso, definir os objetivos é uma etapa essencial para o sucesso de qualquer estratégia de marketing, pois eles irão te ajudar a medir o sucesso após o fim da campanha. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a definir seus objetivos:

  • Identifique o público-alvo: conhecer o público-alvo é o primeiro passo para definir objetivos realistas e alcançáveis;

  • Determine o objetivo principal: o objetivo principal da campanha pode ser aumentar as vendas, melhorar a conscientização da marca ou até mesmo aumentar o engajamento com a marca;

  • Seus objetivos devem ser claros, mensuráveis e alcançáveis. Veja um exemplo de objetivo: "aumentar as vendas em 30% durante a semana da campanha";

  • Priorize seus objetivos: identifique quais são mais importantes para o sucesso da campanha e priorizá-los;

  • Alinhe seus objetivos com a estratégia: é importante garantir que os seus objetivos estejam alinhados à estratégia de marketing de influência, incluindo a escolha dos influencers e o tipo de conteúdo que será promovido.

2. Contratar influenciadores sem pesquisar

Muitas marcas passaram a adotar essa estratégia utilizando influenciadores que participaram de campanhas bem sucedidas antes, como, por exemplo, Anitta e Bianca Andrade. No entanto, escolher apenas os influenciadores que estão na boca do povo nem sempre irá trazer os resultados desejados. É importante contratar influenciadores que tenham afinidade com a sua marca e com o seu público-alvo.

Portanto, é essencial que os profissionais façam uma pesquisa aprofundada para encontrar perfis de influenciadores por categorias, palavras-chave e demografia do público (incluindo dados como gênero, idade, localização, interesses, renda, entre outros). Não adianta contratar um grande influenciador no ramo da Moda se o produto a ser divulgado é do segmento de Beleza, por exemplo. Para isso, você pode utilizar a ferramenta gratuita da HypeAuditor, que permite a busca de influenciadores por nicho e palavras-chave.

3. Avaliar apenas métricas superficiais

Um influenciador com muitos seguidores e milhares de curtidas pode parecer muito atraente à primeira vista. No entanto, uma grande quantidade de seguidores nem sempre representa o sucesso de uma campanha.

Uma alta taxa de seguidores nem sempre significa que o público do criador seja relevante para uma campanha, pois muitos influenciadores do Brasil ainda contam com alto índice de seguidores falsos e bots. De acordo com uma pesquisa recente da HypeAuditor sobre o marketing de influência no Brasil, a porcentagem de contas falsas no Brasil está diminuindo, de 56% em 2021 para 49% em 2022. Mesmo assim, os índices ainda são altos, o que exige que os profissionais de marketing estejam atentos para não investir em perfis falsos. Ao buscar influenciadores, leve em consideração métricas como:

  • Taxa de engajamento;

  • Demografia do público (idade, localização, gênero, etc);

  • Qualidade do público;

  • Interação genuína;

  • Crescimento de seguidores.

Dessa forma, você obtém dados relevantes sobre o criador e a afinidade com o público da sua marca, além de evitar que você faça parcerias com influenciadores seguidos por contas falsas ou bots.

4. Não definir claramente seu público

Definir o público-alvo é um passo fundamental em campanhas de marketing de influência, pois permite que a mensagem seja direcionada àqueles que são mais propensos a se interessar pelo produto ou serviço que está sendo promovido. Além disso, o conhecimento do público-alvo permite que a estratégia seja otimizada para atender às necessidades e desejos desse grupo, aumentando assim a efetividade da campanha.

Com o público-alvo bem definido, você também economiza recursos, já que evita que a mensagem seja enviada para pessoas que provavelmente não terão interesse no produto. Além disso, fica mais fácil encontrar influenciadores relevantes quando você conhece o seu público, já que é possível configurar filtros nas ferramentas de marketing de influência, descrevendo a sua persona. Por exemplo: Mulher, 25-45 anos, mora em São Paulo, renda 10k/mês, interesses: filhos, cachorros, família.

5. Não definir o ROI das campanhas de marketing de influência

Outro erro comum cometido pelas marcas ao iniciar uma campanha com influenciadores é não definir claramente os KPIs e o ROI. Você precisa definir quanto cada novo lead adquirido irá custar, e quanto cada cliente irá gerar para seu negócio em troca.

ROI (Retorno sobre o Investimento) é uma métrica importante para medir o sucesso de uma campanha de marketing de influência. Para definir o ROI, é importante coletar dados sobre o número de vendas, o valor gasto na campanha e o valor de retorno gerado. Parece um processo trabalhoso, mas você pode usar a calculadora de métricas de marketing de influência da HypeAuditor para obter esses dados de forma rápida e prática.

Isso permitirá que o anunciante avalie a eficiência da estratégia para determinar se ela está gerando um retorno positivo sobre o investimento. Além disso, o ROI também pode ser usado como uma métrica para comparar diferentes campanhas e escolher qual foi a mais rentável para o negócio.

6. Não se comunicar com o influenciador contratado

Toda marca deve ser transparente com os influenciadores sobre o que eles receberão em troca do seu trabalho, seja uma publicidade paga ou permuta. Caso contrário, o influenciador escolhido pode optar por fazer parcerias com outras empresas.

É importante ter clareza sobre frequência de postagens e tipos de conteúdos a serem publicados. Isso irá direcionar o influenciador no momento da criação, e ele também estará mais alinhado com os interesses da sua marca.

Como não cometer erros em sua campanha de marketing de influência

O marketing de influência pode trazer ótimos resultados, desde que os profissionais estejam atentos aos passos importantes para executar uma campanha de sucesso. Para te ajudar a implementar uma estratégia com influencers em sua empresa, criamos um checklist gratuito com os 8 passos essenciais para começar no marketing de influência, onde você encontra um guia completo para ter sucesso em sua campanha. Baixe agora e confira!

Deseja firmar uma parceria com influenciadores perfeitos para sua marca?
Encontre os melhores criadores com a ferramenta Descoberta de Influenciadores do HypeAuditor e seu banco de dados com 138M+ contas.
Rebeca é redatora de marketing de conteúdo no HypeAuditor e uma entusiasta de mídias sociais. Está constantemente buscando por novas tendências e descobertas no mundo do marketing de influência.
Tópicos:Conceitos Básicos do Marketing de influência
fevereiro 15, 2023
Não se esqueça de compartilhar este post!
Rebeca é redatora de marketing de conteúdo no HypeAuditor e uma entusiasta de mídias sociais. Está constantemente buscando por novas tendências e descobertas no mundo do marketing de influência.
Alavanque seu marketing de influência com o HypeAuditor
Líder Global G2 entre as ferramentas de marketing de influência, usada por 750.000 empresas e influenciadores
Deseja firmar uma parceria com influenciadores perfeitos para sua marca?
Encontre os melhores criadores com a ferramenta Descoberta de Influenciadores do HypeAuditor e seu banco de dados com 138M+ contas.